Ir para página inicial Vestibular Unifam

Notícias

Esporte que fortalece para o trabalho e a família

Publicado em : 14/12/2018

Fonte : Revista Odonto nº 38 -

Conciliar uma rotina diária de trabalho atribulada com o relacionamento conjugal, a criação dos filhos e o cuidado com a saúde e o corpo já não é tarefa nada fácil para ninguém. Exige muita disciplina, determinação e foco. Agora, imagine quando este profissional tem três filhos pequenos para cuidar e ainda desenvolve outros projetos. Para a maioria das pessoas, um dia com apenas 24 horas seria insuficiente para conseguir dar conta de tudo sem descuidar de nenhuma destas áreas da vida profissional e pessoal.

Pois acredite: algumas pessoas conseguem provar que o tempo é a gente quem faz! Para o cirurgião-dentista Elder Brito, todas estas tarefas já foram naturalmente incorporadas à sua rotina. Especialista em implantes dentários e em Dentística, pela ABO Goiás, ele garante que o mais importante é gostar de tudo que se faz. Fazendo com amor, a dedicação é algo natural e automático.

Para manter a forma e cuidar da saúde, o profissional, que aprimora a estética do sorriso de muita gente em seu consultório, antes gostava de jogar futebol. Mas, depois de sofrer várias lesões, decidiu que aquele não era o esporte ideal para seus objetivos. Elder acabou ficando praticamente parado, sem praticar esportes, por cerca de sete anos. Continuou jogando futebol, mas de forma esporádica. Resultado: acabou ganhando alguns quilos indesejados.

Pai de três filhos pequenos, com idades de 3 meses, 1,4 ano e 5 anos, ele resolveu que precisava de mais condicionamento físico para dar conta de todas as tarefas diárias no trabalho e na vida pessoal. Elder decidiu que era hora de voltar para uma rotina mais assídua de exercícios físicos, que resultasse num bom condicionamento e ajudasse a aliviar o estresse do trabalho. Foi aí que o futevôlei surgiu em sua vida. Ele foi apresentado ao esporte que une o futebol e o voleibol (vôlei jogado com os pés) por alguns amigos que já eram praticantes e se interessou.

Para aprender bem como se pratica o futevôlei, o cirurgião decidiu ingressar numa escola do esporte, onde treinava das 6 às 7 da manhã. Quando começaram os treinos, ele achou o esporte difícil. Mas, com o tempo, Elder foi se apaixonando cada vez mais pelo futevôlei, que se incorporou naturalmente à sua rotina diária. Atualmente, ele sai cedo de casa para treinar das 7 às 8 da manhã, duas vezes por semana, na Escola Orla, localizada no Clube dos Oficiais, no Setor Sul.

 

Cirurgião-dentista Elder Brito encontrou nas areias do futevôlei o esporte ideal

 

Fortalecimento
Em outros dois dias da semana, o cirurgião-dentista frequenta uma academia, das 6 às 7 da manhã, para fortalecer e condicionar a musculatura para o futevôlei. Acordar muito cedo não é problema para ele. “Prefiro fazer atividades físicas pela manhã para ficar com meus filhos à noite. Se deixar para mais tarde, acabo enrolando e não indo mais”, justifica. E a manutenção do bom condicionamento físico não para por aí não. Nos outros três dias da semana (sexta, sábado e domingo), quando não tem treino de futevôlei ou academia, o profissional aproveita para correr em um parque da capital.

O esporte também é uma forma de diversão e entretenimento. Elder e os amigos sempre se reúnem para jogar partidas de futevôlei à noite ou nos finais de semana. Uma confraternização que sempre diverte, alivia o estresse da rotina diária, reforça laços de amizade e ajuda a aprimorar cada vez mais o esporte.

A paixão pelo futevôlei levou o cirurgião-dentista a realizar até um evento muito especial para comemorar seu aniversário, praticando o bem. No último dia 12 de outubro, ele e os amigos fizeram o campeonato “Futevôlei do bem”, um evento competitivo que arrecadou alimentos não perecíveis, agasalhos e roupas que foram doados para entidades assistenciais e pessoas carentes.

Hoje, o futevôlei é uma forma do cirurgião-dentista manter a forma física e relaxar. O resultado de tanta disciplina no cuidado com a saúde e o corpo foram 12 quilos a menos desde que ele começou a praticar o esporte. Elder Brito garante que pretende continuar firme nos treinos de futevôlei, pois acredita que encontrou a atividade física ideal para ele.

Revezamento
Os bons resultados obtidos pelo profissional também animaram sua esposa, a cirurgiã dentista e ortodontista Ludmilla Rodrigues dos Reis, a ingressar na prática do esporte. Como ela prefere não acordar muito cedo, hoje eles fazem um revezamento diário no cuidado com os filhos e o futevôlei. Enquanto ele treina pela manhã, antes do trabalho, Ludmilla prefere praticar o esporte das 20 às 21 horas, depois que ele chega do consultório e pode cuidar das crianças. “Ela começou incentivada por mim, depois de ver tudo de bom que o futevôlei tem feito na minha vida”, lembra o cirurgião-dentista.

 

O casal de cirurgiões-dentistas, Elder e Ludmilla compartilham o gosto pela prática do futevôlei

 

Elder garante que pretende continuar firme no esporte, que já está incorporado à sua rotina diária. “Quando falto a algum treino, acho muito ruim. Sinto que falta alguma coisa”, garante. O dentista lembra que foi o futevôlei que o motivou até mesmo a frequentar uma academia duas vezes por semana, a ter uma alimentação melhor e ser uma pessoa mais saudável.
Mesmo com o grande volume de atividades, o cirurgião-dentista mantém firme a motivação para a prática de esportes. Apesar de acabar dormindo tarde e acordando cedo quase todos os dias, ele garante que não sente falta de sono. “O tempo é a gente quem faz. Quando você gosta muito do que faz, está sempre motivado e nem se sente tão cansado”, garante.


Vestibular agendado para Odonto 2019/1 está aberto

Vestibular agendado para Odonto 2019/1 está aberto

 14/12/2018

 Revista Odonto nº 38

Apesar da seleção convencional para todos os cursos ter sido realizada no último dia 2 de dezembro, os estudantes ainda têm até 20 de janeiro para se inscreverem para o vestibular agendado da instituição de ensino superior que tem parceria com a ABO Goiás



Imagens de extrema nitidez

Imagens de extrema nitidez

 14/12/2018

 Revista Odonto nº 38

Trabalho de pesquisadores do grupo endoscience, CROIF, CDT Software e University of Texas apresentando novo software de tomografia é DESTAQUE na capa da mais importante revista de endodontia do mundo


Odontologia Estética apresenta seus maiores avanços

Odontologia Estética apresenta seus maiores avanços

 14/12/2018

 Revista Odonto nº 38

Os participantes do Estética Goiás 2018 conheceram as principais tendências mundiais em técnicas, materiais e equipamentos utilizados nos procedimentos de reabilitação estética, que já proporcionam resultados com maior qualidade e longevidade para os pacientes


Cisto radicular muito extenso

Cisto radicular muito extenso

 14/12/2018

 Revista Odonto nº 38

Caso específico chamou atenção pela grande extensão e complexidade, o que exigiu a intervenção de vários especialistas e uma nova abordagem


A Odontologia na era digital

A Odontologia na era digital

 14/12/2018

 Revista Odonto nº 38

A 11ª edição do CUGO, realizado pelos acadêmicos em Odontologia da UFG, homenageou a importância da mulher neste mercado e teve como destaque os avanços da Odontologia Digital


Jornada de atualização e confraternização

Jornada de atualização e confraternização

 14/12/2018

 Revista Odonto nº 38

Com uma programação científica variada, a 10ª Jornada Odontológica Universitária da UNIP-GO (X JOUGO) foi uma oportunidade para fortalecer o aprendizado dos graduandos e ajudar na atualização dos profissionais da área, além de promover o congraçamento entre atuais e ex-alunos


Contagem regressiva em grande estilo

Contagem regressiva em grande estilo

 14/12/2018

 Revista Odonto nº 38

Clubes e hotéis já definiram suas programações para a virada do ano, com ceias especiais, queima de fogos e muita música para começar 2019 com o pé direito




Voltar