Ir para página inicialParceria UnifamParceria Unifam

Notícias

ABO Goiás lança cursos internacionais latu sensu

Publicado em : 16/12/2017

Autor : ABO Goiás

Fonte : Revista Odonto n.34 -

O início de 2018 terá grande empreitada da ABO Goiás rumo à internacionalização. A instituição receberá estudantes latino-americanos para especializações diferenciadas: todas as aulas serão em espanhol para atender a especificidade das turmas. Excelência do ensino, flexibilidade, custo de vida mais baixo em Goiânia quando comparado a outros centros de ensino ​e facilidades de voo até a capital goiana fazem da Associação o destino ideal para os latinos interessados em estudar Odontologia no Brasil.

Desde 2013, esse público solicita um curso do gênero por intermédio de contatos feitos em mídias sociais, aplicativos de mensagens e telefonemas – o que se concretizou agora. Para facilitar a logística e contribuir para uma estadia satisfatória, a ABO Goiás firmou convênios na área de hotelaria já que deslocamento e hospedagem estão entre as principais necessidades do aluno latino-americano.

 

Dentística

A Especialidad en Estética Dental será o primeiro curso de longa duração, com programa completo para a formação em pós-graduação latu sensu do público estrangeiro. A demanda foi tamanha que as vagas para a primeira turma foram esgotadas dois meses antes do início das aulas, previstas para 15 de janeiro. De acordo com um dos coordenadores da Especialização, Rafael Decurcio, os latino-americanos são ávidos por conhecimento e pela reciclagem profissional que sempre buscaram, sobretudo, em São Paulo, cursos de formação latu sensu e strictu sensu. Para ele, a novidade é sem precedente na história da Odontologia Goiana.

“Será um marco histórico, pois a Odontologia Goiana ocupa o protagonismo na Odontologia há tempos.​ ​Para a ABO Goiás, não será diferente já que se trata do primeiro curso internacional latu sensu da Instituição, explicitando claramente ao mercado latino-americano que Bauru e São Paulo não figuram sozinhos como centros da Odontologia brasileira”, diz Rafael.

Agora ao lado da professora e também coordenadora Paula Cardoso, eles formam a dupla que reforçará a tradicional qualidade, inovação e dedicação da Equipe Dentística seja nos projetos nacionais ou internacionais a que se propõe executar. “Em 2010, nossa Equipe começou a participar efetivamente da mudança desse conceito centralizador e passou a ofertar uma filosofia de trabalho técnico e científico bastante distinto ao pragmático das escolas paulistas por meio de um novo conceito de ensino e trabalho”, afirma.

O esforço dos alunos no período da Especialização na ABO Goiás, certamente, apresentará resultados. “A capacidade de produção clínica e o aproveitamento técnico e científico que os espera no curso auxilia para que tenham uma percepção de valor agregado insuperável”, acredita o coordenador. É o caso do peruano Roberto Tello. Ele está inscrito na Especialidad en Estética Dental e ansioso para o início do curso.

“É a primeira vez que estou participando de um programa de especialização no Brasil, que é líder mundial em odontologia estética e marca as tendências estéticas dentárias. Um dos grupos que permitem a divulgação dessas técnicas para estrangeiros é o grupo da Dentística”, afirma. Tello diz ter participado de cursos em São Paulo e Curitiba, mas tiveram curta duração. “Esta especialização - a segunda em meu currículo - é ideal para pessoas que vivem no exterior. As referências são muito boas. O mundo está vivendo o boom em odontologia estética e o Peru não ficou atrás. O tratamento pede resultados altamente estéticos e exige modernas técnicas e novos materiais que permitem alcançar esses resultados”, destaca o peruano.

Embora voltado para estrangeiros, o programa será o mesmo exigido pelos órgãos competentes para a especialização nacional, mudando apenas a periodicidade, sendo módulos bimestrais de uma semana. A duração de 24 meses e a natureza teórico-clínico-laboratorial permanecem inalteradas.

 

Ortodoncia

Outra novidade da ABO Goiás para 2018 é o curso Especialidad en Ortodoncia, totalmente em espanhol, que se inicia junto com o curso nacional, a partir de 19 de março. Embora tenham a mesma duração (36 meses), o programa voltado para estrangeiros tem maior carga horária. A explicação, segundo Regis Murilo - que é o coordenador da Equipe OrthoEvidence - está fundamentada na situação diferenciada dos estudantes. “Eles virão ao Brasil bimensalmente e os encontros serão durante uma semana para viabilizar a frequência e a carga horária. Por outro lado, a periodicidade na modalidade nacional é mensal, de segunda a quinta-feira, afirma.

A Equipe OrthoEvidence coordena duas turmas nacionais, tem amplo know-how e vem se preparando para receber os alunos estrangeiros. Nos módulos de imersão eles terão acesso a conhecimentos relacionados à ortodontia lingual, biomecânica moderna e tomografia aplicada em ortodontia. A turma contará também com a tradicional infraestrutura clínico-laboratorial para aulas teóricas e práticas. De maneira geral, os países de origem da maioria dos alunos estrangeiros são Peru, Bolívia, Colômbia, Chile, Argentina e Paraguai. Por isso, a experiência do corpo docente na língua espanhola é consolidada.

Regis destaca que a trajetória da instituição com alunos do exterior é fundamental para se projetar em outros quesitos no cenário regional e brasileiro. “Existem alguns cursos em São Paulo para estrangeiros mas na nossa região é inédito, assim como no nordeste e norte. Não por acaso, a demanda é grande”, afirma. Para evitar problemas em relação à validação do diploma ao fim da Especialização, a equipe da Secretaria da ABO Goiás se atentou aos detalhes. Uma extensa pesquisa em cada um dos países da América do Sul foi realizada para verificar as leis específicas que regem o exercício da profissão de dentista e impactam diretamente no certificado que atesta as competências pós-curso.









Paixão das antigas

Paixão das antigas

 28/06/2018

 Revista Odonto n° 36

Graduada pela UniEvangélica de Anápolis, especialista em Dentística Restauradora pela ABO Goiás em 2014 (Equipe Dentística), agora seu foco está na conclusão da especialização em Reabilitação Oral também pela [...]


Outro olhar sobre o Araguaia

Outro olhar sobre o Araguaia

 28/06/2018

 Revista Odonto n° 36

É oficial: a temporada do Araguaia começou em Goiás. Mesmo com as temperaturas baixas características do inverno na região Centro-Oeste à noite, é nesse período que as águas do rio Araguaia baixam e surgem as praias de [...]


Disciplina,  talento e ousadia

Disciplina, talento e ousadia

 24/03/2018

 Revista Odonto n.35

Responsável pelo desenvolvimento de técnicas restauradoras inovadoras, Luis Gustavo Barrotte supera os estereótipos de professor, pesquisador, palestrante e profissional da Odontologia


Voltar